segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Leão vence fora e encosta nos líderes


Em uma boa apresentação dos jogadores rubro-negros no segundo tempo, o Sport bateu o Serra Talhada por 2×1, no Pereirão, e chegou aos 14 pontos na tabela, voltando à terceira colocação. O meia Marcelinho Paraíba e o lateral-esquerdo Renê, marcaram para o Leão, enquanto o meio campista Kássio, ex-Sport, descontou para os sertanejos. Em um jogo com dois penaltis marcados, um para cada lado, o resultado final acabou sendo justo pelo que as equipes apresentaram em campo. Os donos da casa imprimiram uma forte marcação na primeira etapa da partida, porém o goleiro Magrão foi um mero espectador do jogo. De tanto insistir, os gols leoninos sairam de forma natural.
O primeiro tempo da partida foi daqueles de dar calo na vista de qualquer admirador do futebol. Apesar das poucas faltas, o jogo foi truncado, nenhuma equipe conseguiu criar chances de gol, apesar da maior posse de bola do Sport. Já os “chutões”, que iam de uma zaga à outra, foram constantes. O Leão só causou certo perigo à meta do Serra Talhada, em três lances específicos. Um chute de Hamilton, aos três minutos, de fora da área. E por duas vezes com Marcelinho Paraíba, em jogadas de bola parada. A primeira foi em uma cobrança fechada de escanteio, aos 9 minutos, e a segunda em uma falta, aos 43, onde ele mandou uma bomba e o goleiro Bruno sofreu para segurar a bola. Já os sertanejos, só começaram a gostar do jogo faltando 15 minutos para o final da primeira etapa. Aos 31, o atacante Junior Mineiro foi o autor da única boa finalização da equipe, que foi defendida por Magrão sem maiores dificuldades.
O melhor do jogo ficou guardado para o segundo tempo, onde os gols aconteceram. Não demorou muito para o Sport chegar ao seu primeiro tento no jogo. Aos dois minutos, depois de mais um cruzamento de Marcelinho, Tobi cabeceou da marca do penalti e a bola raspou a trave. Aos 8, a melhor chance até o momento. Marcelinho recebeu na área e, de frente para o goleiro, mandou uma bomba que explodiu no travessão. No rebote, Jheimy foi à linha de fundo e cruzou para Renê, que chutou bonito, no ângulo, para fazer 1×0 para os leoninos. Dez minutos depois, Diogo perdeu uma chance incrível de ampliar a vantagem. Depois de tabelar com Jheimy, Marcelinho deixou o volante rubro-negro cara a cara com Bruno, mas ele chutou em cima do arqueiro, que defendeu fácil a bola.
Aos 24, o meia Milton Júnior entrou na vaga de Willians e levou sorte. Na primeira bola que pegou, sofreu um penalti, convertido por Marcelinho Paraíba, para fazer 2×0 Leão. Cinco minutos depois, porém, o árbitro Sebastião Rufino marcou outra penalidade máxima na partida, agora a favor dos donos da casa. No lance, Hamilton que fez a falta e foi punido com o cartão amarelo. O meia Kássio, ex-Sport, foi para a cobrança e mandou a bola para os fundos das redes, enganando o goleiro Magrão. Há pouco mais de cinco minutos para o término da partida, o coração dos rubro-negros quase saiu pela boca quando o atacante Jessuí acertou uma bola no travessão em cobrança de falta.

Blog de Primeira.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário