domingo, 12 de fevereiro de 2012

Mesmo sem boa atuação, Santa Cruz vence América


Não foi uma exibição inspirada, mas o Santa Cruz demonstrou que está forte para conseguir os resultados neste momento do Campeonato Pernambucano 2012. Atuando no Estádio Ademir Cunha, em Paulista, diante do lanterna América, os tricolores venceram por 1×0, com gol marcado pelo veterano Dutra. Mesmo com a vitória, o Tricolor caiu para a quarta posição, com a mesma pontuação do Sport, terceiro. A diferença entre os rivais, que se enfrentam na próxima quinta-feira, está no saldo de gols. Mas o trabalho no Arruda está sendo conduzido com mais tranquilidade do que no lado do rival.
É importante ressaltar alguns pontos que ajudam a explicar a fraca qualidade da partida. A arbitragem de Ricardo Jorge esteve longe de interferir no resultado. Contudo, seguindo a tendência nacional, o juiz parou excessivamente o jogo, marcando falta em qualquer contato. Os jogadores também não ajudaram, cometendo infrações bobas. A partida, assim, não fluiu. Ao Mais Querido, faltou ainda variações de jogadas, principalmente na etapa inicial, quando os atletas tricolores praticamente não utilizaram o lado esquerdo para buscar o ataque.
Um dos lances mais perigosos do primeiro tempo acabou nem existindo na prática. Leandro Souza cabeceou a bola no travessão. Mas o bandeirinha já havia levantado a bandeira – erroneamente -, apontando impedimento do zagueiro coral. Aos 24, um momento que surpreendeu os corais. O atacante Dênis Marques, que havia marcado três gols por estar bem posicionado na última partida, estava novamente no lugar certo e na hora certa, após falta cobrada por Memo e espalmada pelo goleiro Danilo. Mas, um pouco displicente, o jogador acabou chutando para fora, sem ninguém no caminho entre ele e o quarto gol com a camisa coral.
No segundo tempo, o lateral-esquerdo Dutra entrou em ação para decidir a parada a favor do Santa. Claramente chamando a responsabilidade, ele acabou sendo mais ativado pelos companheiros. E, aos 11 minutos, após o início da jogada pelo lado direito do campo, a bola sobrou nos pés do veterano. Com a marcação em cima, ele inovou a puxar a bola para a perna direita. Disparo preciso, gol do Tricolor, levantando a torcida coral, garantindo três pontos e a moral elevada para o confronto de seis pontos contra o arquirrival Sport.

Blog de Primeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário