segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Náutico faz mais um e garante os três pontos


O sufoco do primeiro tempo não foi embora no segundo. Mesmo à frente do placar, o Náutico sofreu bastante com o Belo Jardim. Voltou a perder gols feitos e viu Gideão tornar-se um gigante na meta vermelha e branca. Culpa da deficiente zaga formada por Gustavo e Marlon. Ainda assim, Siloé anotou o terceiro e assegurou o triunfo alvirrubro por 3×1.
Eduardo Ramos, muito criticado ao final do jogo, foi o autor do primeiro grande lance na segunda etapa. O meia limpou o lance, entrou na área e mandou para boa defesa de Delone. Fernandinho deu o troco com mais um potente arremate, que acabou não resultando em gol. Souza respondeu com uma precisa cobrança de falta, mas bateu nas redes pelo lado de fora.
A redenção alvirrubra só viria aos 27 minutos da etapa complementar, quando Marlon lançou para a área e Siloé mandou uma bomba e assinalou o último gol da partida. Ao final, muitas vaias da torcida. Detalhe para o descontrole de Eduardo Ramos, que respondeu às críticas jogando água em alguns torcedores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário