domingo, 4 de março de 2012

Jael marca no fim do jogo e Sport vence o Petrolina fora de casa

Roberto Ramos/DP/D.A Press

O cronômetro apontava 37 minutos do segundo tempo. Cara a cara com o goleiro, Jael teve nos pés a até então única chance clara do jogo. Rubro-negros já se preparavam para fazer a festa, mas o grito de gol foi interrompido por pura incompetência do centroavante. O velho carma da camisa 9 voltou a assombrar. Não mais do que seis minutos. A segunda chance, Jael não deixou passar. De cabeça, o Cruel, desta vez, fez jus ao apelido, testando firme a bola cruzada por Renato da direita aos 43 minutos. Gol para lavar a alma, garantir o sono do tranquilo do atacante e a vitória leonina por 1 a 0. Também respirou aliviado o técnico Mazola, que viu seu time reassumir a vice-liderança, com 30 pontos, apenas um atrás do Salgueiro. De quebra, o Sport encerrou a invencibilidade do Petrolina no Sertão. Ultrapassado pelo Santa Cruz, o time sertanejo deixou o G-4.


Petrolina 0

Jaílson; Gustavo, Lau (Thiago), Uilton e Jeferson Petrolina; Fábio, Sinho,
Júlio e Geovane; Souza e Wellington (Getúlio). Técnico: Pedro Manta.

Sport 1

Magrão; Thiaguinho, Bruno Aguiar, Tobi e Renê (Renato); Hamilton, Diogo
(Roberson), Rivaldo  (Marquinhosl) e Marcelinho Paraíba; Willians e Jael.
Técnico: Mazola Júnior.

Local: Estádio Paulo Coelho (Petrolina)
Árbitro: Emerson Sobral
Assistentes: Elan Vieira e Paulo Steffanello
Gols: Jael (aos 43 do segundo tempo)
Cartões amarelos: Jael, Renê, Marcelinho Paraíba (S); Wellington, Lau (P)
Cartão vermelho: Geovane
Público: 5.300
Renda: R$ 49.000,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário