segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

CR7 confirma favoritismo, dá fim a reinado de Messi e leva Bola de Ouro

Foto: AFP

É o segundo título individual de tamanha grandeza para Cristiano. Em 2008, quando ainda defendia o Manchester United, ele superou a concorrência de Messi e do espanhol Fernando Torres. Desta vez, voltou a bater o argentino do Barcelona, dono das últimas quatro Bolas de Ouro, e o francês Franck Ribéry, do Bayern de Munique.

Nos números, a vantagem era clara para uma eleição individual, como faz questão de propagar a Fifa. Mesmo tendo entrado em campo mais vezes que os concorrentes - 59 jogos -, Cristiano Ronaldo possui também a melhor média de gols (1,16). Messi, lesionado em momentos importantes do ano, terminou com 45 gols em 47 partidas (0,95), enquanto Ribéry, menos goleador e campeão de cinco títulos com o Bayern, foi às redes 24 vezes em 56 jogos (0,42).

Tudo realmente já parecia contar a favor do português. Depois de algum mistério e ausências passadas, o craque confirmou sua presença na premiação em Zurique na última semana - e levou consigo quase toda a família. A TV oficial do Real Madrid também se prontificou a transmitir o evento ao vivo, num claro sinal de que a expectativa era de festa - e não uma tragédia para os merengues com Messi ou Ribéry levando a Bola de Ouro.

GE

Nenhum comentário:

Postar um comentário