domingo, 12 de abril de 2015

O Tokyo Verdy perdia por 3 a 0 até os 38 do segundo tempo, mas buscou a inacreditável virada

tokyov
O Tokyo Verdy perdia por 3 a 0 até os 38 do segundo tempo, mas buscou a inacreditável virada
A segunda divisão do Campeonato Japonês começou aparecendo mais do que de costume nos noticiários. A quantidade de belos gols que tem acontecido no torneio é acima do comum. E o jogo mais incrível deste final de semana também aconteceu na segundona japonesa. O Tokyo Verdy buscou a virada da década no país, ao transformar uma derrota por 3 a 0 até os 38 do segundo tempo em vitória por 4 a 3. Acredite: o time da capital marcou quatro gols em 13 minutos, buscando um resultado inimaginável.
O placar diz bastante sobre o nível do Gifu, adversário do Verdy. Tanto que, se viesse, a derrota poderia ser considerada um enorme vexame. O time treinado pelo mito Ruy Ramos (que tem Rodrigo Tiuí e do veterano goleiro Kawaguchi entre os titulares) soma apenas três pontos em sete rodadas do campeonato, segurando a lanterna de maneira nada honrosa. E fez três gols entre os 14 e os 27 do primeiro tempo, em um hat-trick do atacante Hiroaki Namba.
Só que o Verdy mostrou um poder de reação incrível no finalzinho. Marcou dois gols entre os 38 e os 43 da segunda etapa – para variar, em um golaço, com Masaki cobrando falta no ângulo. O empate saiu aos 48. Já a virada se confirmou em um Fergie Time nipônico, com Hiramoto balançando as redes pela segunda vez na partida para sacramentar o resultado inacreditável. Vendido pelos erros de sua defesa, Kawaguchi não pôde fazer muita coisa. Com o resultado, o clube de Tóquio assumiu a sétima colocação da segundona. Mas, depois dessa, merece o acesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário