segunda-feira, 6 de abril de 2015

Presidente da Ceaf elogia atitude do árbitro na partida Náutico x Salgueiro

Nielson Nogueira anula pênalti do Náutico (Foto: Reprodução/TV Globo)
Presidente da Ceaf elogia atitude do árbitro na partida Náutico x Salgueiro


A partida Salgueiro x Náutico prometia ser dramática pelo fato de ser decisiva. E a polêmica atuação do árbitro Nielson Nogueira deixou o duelo ainda mais nervoso. Aos 26 minutos do segundo tempo, Nielson assinalou pênalti a favor do Náutico. Mas, após uma conversa com o quarto árbitro, Gleydson Leite, voltou atrás, anulou a penalidade e marcou tiro de meta. O lance revoltou os jogadores do Náutico. Apesar de toda confusão, o presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol (Ceaf-PE), Salmo Valentim, avaliou como muito boa a atuação do quarteto de arbitragem e garantiu que não houve interferência externa na decisão do árbitro ao anular o pênalti. 

Salmo Valentim não esteve no Cornélio de Barros. Assistiu ao lance pela televisão. Na sua ótica, a jogada não foi pênalti em cima do atacante alvirrubro Renato. No entanto, o árbitro acertou ao reconhecer o erro, chamar a responsabilidade e marcar tiro de meta. 

- A atitude do árbitro foi perfeita. Foi um brilhante trabalho de grupo. Ele consultou Elan Vieira (árbitro assistente), que não teve convicção no lance. Depois, veio Gleydson Leite e, com segurança, disse o que aconteceu. Nielson chamou a responsabilidade para ele. Agiu de forma correta. E isso não pode dar direito a jogador partir para cima, querendo agredir a arbitragem - declarou Salmo. 

Para o presidente da Comissão de Arbitragem, o fato de Nielson Nogueira ter se equivocado no lance não pode causar um grande transtorno, muito menos colocar na conta do trio da arbitragem a responsabilidade de ter sido eliminado do Campeonato Pernambucano de forma precoce.

- O que aconteceu em Salgueiro não pode manchar de forma alguma o brilhante campeonato que Nielson Nogueira está fazendo. O que seria pior na partida, ele marcar um pênalti irregular e o Náutico reagir e conseguir a classificação ou reconhecer o erro e corrigi-lo? Para mim, quem falou que houve influência externa, vai ter que provar.

Salmo Valentim pretende conversar com Nielson Nogueira nesta segunda-feira, na sala da Comissão de Arbitragem, que fica no prédio da FPF. A sua maior preocupação é saber o que o árbitro viu no lance do atacante do Náutico, Renato, que originou toda a confusão na partida.  Esse sim, na ótica de Valentim, o único erro da arbitragem no jogo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário