sexta-feira, 22 de maio de 2015

Com a saída de Chico Noé, Humberto Santos não é mais o técnico da Patativa do Agreste

Com a saída de Chico Noé, Humberto Santos não é mais o técnico da Patativa do Agreste

Quando tudo no Central parecia praticamente definido para a disputa da Série D 2015, uma notícia mudou todo o rumo do planejamento da Patativa para o nacional. A saída do então presidente, Chico Noé, que anunciou estar se afastando do cargo para cuidar da saúde, apagou todas as diretrizes levantadas até o último fim de semana, quando o clube já havia anunciado a permanência de alguns atletas e da comissão técnica.

Com a chegada do novo executivo centralino, Jandoval Bezerra, em menos de vinte e quatro horas algumas medidas já foram tomadas. Entre elas, a principal até o momento, foi a não continuação do técnico Humberto Santos, que terminou o Estadual à frente do alvinegro e já era nome certo para a 4ª divisão. Apesar da decisão do novo presidente ter pego muita gente de surpresa, para o treinador não foi bem assim.
- Eu vejo isso como algo natural, já que ele (Jandoval Bezerra) é o novo presidente e tem sua metodologia de trabalho. Não saio chateado, pois isso são coisas que acontecem no futebol. Independente de qualquer coisa, vou sempre estar na torcida pelo Central para que as coisas deem certo para o clube.
O treinador - que mora em Recife e virá a Caruaru nesta quinta-feira para tratar de outros assuntos com a antiga diretoria - afirmou ainda que já há propostas para ele dirigir outras equipes e que poderá até cruzar com a Patativa na Série D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário