sábado, 23 de maio de 2015

Crise chega à FPF, que começa demissões

Crise chega à FPF, que começa demissões
O término do Programa Todos Com a Nota, a falta de um patrocinador master para o Campeonato Estadual e toda crise econômica que assola o País atingiu em cheio a Federação Pernambucana de Futebol.

Antes com cofres cheios, a ponto de emprestar dinheiro a quase todos filiados da Série A1, agora a entidade começou a fazer cortes. As demissões já foram iniciadas.

Segundo uma pessoa ligada à FPF, haverá demissões em todos os setores. Um deles, a assessoria de comunicação, que será trocada.

De acordo com o diretor técnico da entidade, Murilo Falcão, não haverá mais aumento de taxas para os clubes. Ele diz que a redução de custo em dias de jogos está sendo feita com a diminuição de pessoal, como escala reduzida de delegados.

Na quinta-feira, a Arena Pernambuco já havia anunciado desligamento de 24, dos 52 funcionários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário