terça-feira, 26 de maio de 2015

Diego Costa fica fora da seleção espanhola

Diego Costa fica fora da seleção espanhola

O atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa não faz parte da convocação da seleção do seu país de adoção para o amistoso do dia 11 de junho contra a Costa Rica e o duelo do dia 14 contra Belarus, pelas eliminatórias da Eurocopa-2016.

"Ele acaba de superar lesões musculares, e não se encontrar na melhor forma possível. Neste momento, não temos como fazer experimentos, porque tempos uma partida chave contra Belarus. Precisamos que todos estejam nas melhores condições", justificou o técnico da 'Roja', Vicente Del Bosque.

Mesmo assim, o treinador fez questão de ressaltar que mantém a confiança no sergipano. "Não foi chamado porque ele vinha de lesão, como aconteceu com Paco Alcácer (atacante do Valencia) na última convocação", completou Del Bosque.

Diego Costa, que nunca jogou profissionalmente no Brasil, acabou optando por defender a Espanha, apesar de ter disputado alguns minutos na seleção brasileira, em 2013, nos primeiros amistosos da segunda passagem do técnico Luis Felipe Scolari.

Acabou fora da convocação do Brasil para a Copa das Confederações e preferiu representar a 'Roja', depois uma novela que se arrastou por meses.

Na Copa do Mundo, disputada na sua terra natal com a camisa da Espanha, foi vaiado a cada toque que deu na bola, e sua seleção deu vexame, ao ser eliminada logo na primeira rodada.

O atacante precisou esperar outubro de 2014 para marcar seu primeiro gol com a 'Roja', na vitória fácil por 4 a 0 sobre o fraco Luxemburgo depois de mais de 500 minutos de seca.

Del Bosque chegou a trocar farpas com José Mourinho, técnico do clube atual do jogador, o Chelsea, por tê-lo convocado enquanto estava se recuperando de lesão.

Desta vez, Diego Costa retornou aos gramados no último domingo, depois de quase dois meses fora dos gramados e marcou um gol de pênalti da sua equipe na vitória por 3 a 1 sobre o Sunderland, pela última rodada da Premier League, mas o técnico espanhol preferiu deixá-lo de fora.

A Espanha é vice-líder do grupo C das eliminatórias para a Eurocopa, com 12 pontos, três atrás da Eslováquia.

A convocação tem duas novidades, o goleiro Sergio Rico e o meia Aleix Vidal, ambos jogadores do Sevilla, que disputa nesta quarta-feira a final da Liga Europa.

Lista de jogadores convocados para a seleção espanhola:

Goleiros: Iker Casillas (Real Madrid), David de Gea (Manchester United/ING), Sergio Rico (Sevilla).

Zagueiros e laterais: Juanfran (Atlético de Madri), Dani Carvajal (Real Madrid), Sergio Ramos (Real Madrid), Gerard Piqué (Barcelona), Mikel San José (Athletic Bilbao), Marc Bartra (Barcelona), Jordi Alba (Barcelona) e Juan Bernat (Bayern de Munique/ALE).
Meias e volantes: Sergio Busquets (Barcelona), Andres Iniesta (Barcelona), Koke (Atlético de Madri), Santi Cazorla (Arsenal/ING), Cesc Fabregas (Chelsea/ING), Isco (Real Madrid) et David Silva (Manchester City/ING).
Atacantes: Álvaro Morata (Juventus/ITA), Pedro Rodríguez (Barcelona), Paco Alcácer (Valencia), Aleix Vidal (Sevilla), Vitolo Machin (Sevilla) e Nolito (Celta Vigo).
Jogadores convidados a treinar com a seleção:
José Luis Gaya (Valencia), Juanmi (Málaga), Jonny Castro (Celta Vigo), Saul Niguez (Atlético de Madri) e Ruben Duarte (Espanyol).

Nenhum comentário:

Postar um comentário