sexta-feira, 22 de maio de 2015

Doriva dribla assédio do Grêmio, fica no Vasco e Eurico convoca coletiva

Doriva treino Vasco (Foto: Agência Estado)
Doriva dribla assédio do Grêmio, fica no Vasco e Eurico convoca coletiva
Doriva fica no Vasco. Apesar do interesse do Grêmio em contratar o técnico campeão carioca de 2015 para substituir Felipão, o comandante cruz-maltino já decidiu permanecer no Rio. Ele se reuniu com a diretoria em São Januário na tarde desta sexta-feira e fez questão de dar uma satisfação ao presidente Eurico Miranda. O treinador, aliás, está neste momento no clube se preparando para a atividade da tarde (que será fechada para a imprensa), a última antes da partida de sábado contra o Internacional.
- Doriva está no clube e de roupa trocada para comandar o treino. Ele já deu uma satisfação ao presidente e disse que vai ficar no Vasco, que não tinha porque sair do clube neste momento - confirmou o gerente de futebol Paulo Angioni.
Já o presidente Eurico Miranda parece não ter ficado nada contente com o assédio do clube gaúcho a seu treinador - cujo contrato é válido até o dia 31 de dezembro e não tem multa rescisória. Em rápido contato por telefone com o GloboEsporte.com, o dirigente disse que vai se pronunciar depois do treino. É provável que Doriva também participe da coletiva, como é tradicional nas vésperas de jogos.
- Não estou e vou dar coletiva às 17h - disse antes de encerrar a ligacão.
Doriva chegou ao Vasco em dezembro de 2014 como uma aposta da diretoria. Campeão paulista de 2014 pelo Ituano e dentro da realidade financeira do clube, o treinador já caiu na graça dos cruz-maltinos. Principalmente por conseguir conduzir o Vasco ao título carioca após 12 anos de jejum. Em 27 jogos na temporada, são 15 vitórias, oito empates e só quatro derrotas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário