segunda-feira, 25 de maio de 2015

Veja 14 jogadores que ficarão sem contrato com seus times no meio do ano

Guerrero durante partida do Corinthians
Veja 14 jogadores que ficarão sem contrato com seus times no meio do ano
Quando o assunto é contrato encerrando no meio do ano, quase todo o torcedor pensa em Paolo Guerrero. Eleito como um dos melhores atacantes na temporada passada, o corintiano chama a atenção de diversos times pelo país e até fora dele. Mas não é só de Guerrero que a janela que se inicia em junho vai viver.
A lista  mostra que nomes como Júlio Baptista, Emerson Sheik e até Elano também figuram em possíveis transações, assim como o santista Robinho, que também é bastante comentado.
Veja os jogadores que ficarão livres de contrato com qualquer clube na janela do meio de ano.

Defensores

Linderman – O zagueiro que ganhou espaço após subir das categorias de base, não conseguiu se firmar. Com vínculo até 30 de junho de 2015, ele não vai ficar no Vasco.

Gabriel Spessatto – O lateral direito tem vínculo com o Grêmio até junho e não continuará no Olímpico. Uma chance é continuar no Brasil de Farroupilha, onde está emprestado atualmente.

Meio-campistas

Airton – Cedido pelo Benfica, o volante ficará sem contrato com ninguém, mas não faz parte mais dos planos do Botafogo. Ele chegou até a treinar separado do restante do elenco no mês passado, logo após a chegada de René Simões.
Mateus Índio – Com o contrato até o dia 8 de junho, o meia tem um pré-acordo para renovar seu vínculo por mais três anos e dificilmente irá ao mercado.

Montoya – O meia é mais um caso de jogador que não engrenou em São Januário e vai ficar livre para negociar com qualquer outro clube. Seu contrato vai até 4 de julho.

Valdivia – O chileno tem contrato até o dia 17 de agosto e negocia sua renovação com o Palmeiras. O problema é que ele não vê a ideia de produtividade com bons olhos e dificilmente ficará na equipe do Palestra Itália, especialmente porque a diretoria decidiu que não fará esforços por ele.

Elano – Com vínculo para acabar no dia 31 de maio, o volante deve ter seu contrato renovado, mas ainda não teve um acerto definitivo com o Santos. Experiente, foi aposta da atual diretoria para dar rodagem ao elenco recheado de garotos. 

Júlio Baptista – Contratado como um grande reforço pelo Cruzeiro, o jogador que teve boa parte de sua carreira na Europa não vingou. Com alto salário, ele tem vínculo até 31 de julho e não faz parte dos planos da diretoria.

Atacantes

Jobson – O caso do atacante é peculiar. Banido por causa do doping, ele não poderá atuar por quatro anos. Por isso, não faz parte dos planos do Botafogo e seu contrato, que termina em junho, não será renovado. Será que alguém vai atrás do polêmico atacante?

Thiago Mosquito – Com contrato se encerrando no dia 30 de junho, ele ganhou o rótulo de promessa polêmica. Para piorar, não vingou, irritou os vascaínos e está de saída.
Martinuccio – Depois de ser disputado a peso de ouro com o Palmeiras, o atacante rodou, rodou e rodou. E parou. Com contrato até 18 de julho, é um exemplo de estrangeiro que não vingou e dificilmente ficará nas Laranjeiras.
Paolo Guerrero – O peruano é o símbolo dessa janela. Com o contrato se encerrando no dia 15 de julho, ele só tem uma certeza: não ficará no Corinthians. Agora, o mistério da novela é para saber qual camisa vestirá após voltar da Copa América.
Emerson Sheik – É outro que só tem uma certeza: não ficará no Corinthians. Ele passa a negociar seu futuro para, então, vestir uma nova camiseta a partir do dia 31 de julho.
Robinho – Com contrato até 30 de junho, ele negocia para ficar no Santos e já impôs uma condição: não abaixar o seu salário. Na semana passada, deu entrevista, admitiu propostas de outras equipes e disse que pode deixar a Vila Belmiro. Pode fazer sua despedida na próxima rodada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário