segunda-feira, 1 de junho de 2015

Ônibus do São Paulo atola no pátio do Beira-Rio, e atletas ajudam a empurrar

são paulo ônibus atolado internacional beira-rio (Foto: Letícia Vieira de Jesus/Arquivo Pessoal)
Adicionar legendaÔnibus do São Paulo atola no pátio do Beira-Rio, e atletas ajudam a empurrar

Os jogadores do São Paulo passaram por um imprevisto após o empate em 0 a 0 com o Inter, neste domingo, no Beira-Rio, pela quarta rodada do Brasileirão. Ao manobrar para deixar o pátio do estádio, o ônibus da delegação acabou atolando na grama ao lado da capela do Beira-Rio, ao ingressar em local não permitido, e obrigou os jogadores a desembarcar para empurrar o veículo, que só acabou removido com o auxílio de um trator.

A parada causou apreensão entre os são-paulinos, devido a um possível atraso para pegar o voo que parte de Porto Alegre rumo a São Paulo, marcado para as 20h. Após cerca de 30 minutos imóvel, o ônibus foi removido, em duas tentativas com o trator - na primeira, a corrente arrebentou.
Sem sucesso ao tentar empurrar o veículo, os jogadores do São Paulo encararam a situação com bom humor. Enquanto aguardavam a retirada do ônibus, os atletas aproveitaram a espera para tirar selfies e conceder autógrafos aos torcedores do Inter que circulavam pelo local. Campeão mundial em 2006 e revelado pelo Colorado, Alexandre Pato foi um dos mais assediados pelos fãs.
Segundo a direção do Inter, houve erro na manobragem do veículo na saída do pátio. Por isso, acabou atolando. 
- Os nossos seguranças sempre avisam da logística para o motorista. Mas ele acabou dando ré em cima do gramado e acabou atolando - explica o gerente operacional Régis Shiba.
Dentro de campo, neste domingo, o desempenho das duas equipes ficou abaixo do esperado. O Tricolor dominou o jogo, mas errou muito nas finalizações. O Colorado teve duas chances claras, salvas por Rogério Ceni.
Com o empate no Beira-Rio, o São Paulo chegou a sete pontos no Brasileirão. Ocupa atualmente a sexta colocação na tabela. Volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h, quando encara o Santos em clássico no Morumbi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário