segunda-feira, 1 de junho de 2015

Santos tenta retorno de Ganso à Vila e inicia conversas com o São Paulo

Ganso São Paulo (Foto: Divulgação/saopaulofc.net)Ciente da grande possibilidade de Lucas Lima ser negociado na próxima janela de transferências, o Santos já definiu seu alvo para reforçar o meio: Paulo Henrique Ganso, do São Paulo. O presidente Modesto Roma Júnior, do Peixe, inclusive, já ligou para Carlos Miguel Aidar, mandatário tricolor, para falar sobre o jogador. 
O dirigente santista entrou em contato com Aidar na última sexta-feira. Durante a conversa, praticamente foi descartada a possibilidade de empréstimo de Ganso, que tem contrato com o São Paulo até setembro de 2017. Agora, o Alvinegro estuda uma nova maneira de tentar contratar o meia. 
Os dois presidentes devem conversar novamente por telefone nesta segunda-feira para avançarem no assunto. 
A chegada de Ganso seria para suprir a possível ausência de Lucas Lima, que está valorizado e deve ser negociado no meio do ano. Atualmente, o Santos tem apenas 10% dos direitos econômicos do camisa 20. O restante pertence ao Doyen Sports (80%) e à Khoddor Soccer (10%).
Para contratar o meia, porém, o Peixe terá de superar as concorrências de Flamengo e Cruzeiro, que também estão interessados em seu futebol. 
Se concretizada, esta será a segunda passagem do jogador pela Vila Belmiro. Revelado na base santista, Paulo Henrique Ganso deixou o Peixe no fim de 2012 para jogar no São Paulo, que pagou R$ 23,9 milhões. 
Na ocasião, o então camisa 10 alvinegro entrou em litígio com a antiga diretoria, liderada por Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro e Odílio Rodrigues, e passou a ser mal visto pela torcida. Em seu último jogo pelo Santos, inclusive, Ganso foi alvo de moedas atiradas das arquibancadas da Vila. 
Agora, porém, a cúpula santista não vê a antiga transferência como um problema para o retorno do meia ao clube. O jogador, inclusive, sempre teve boa relação com Marcelo Teixeira, que apoia o atual presidente Modesto Roma Júnior e dirigiu o Alvinegro de 2001 a 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário