quinta-feira, 2 de julho de 2015

Técnico do Petrolina desaprova data e regulamento para Pernambucano A-2

Neco (Foto: Reprodução/TV Grande Rio)
Técnico do Petrolina desaprova data
 e regulamento para Pernambucano A-2
O técnico do Petrolina não aprovou o regulamento e a data de estreia do Pernambucano Série A-2, definidos nessa última quinta-feira, em reunião entre os representantes dos clubes, presidente da Federação Pernambucana e Diretoria de Competições da entidade. No encontro, ficou determinado que o campeonato começará no dia 23 de agosto e que seguirá o modelo de 2014, sendo Sub-23 e com a possibilidade da inscrição de quatro atletas acima da idade. 

De acordo com Neco, como o Petrolina vai trabalhar com um baixo orçamento, visando o trabalho de base, a Fera Sertaneja sairá em desvantagem no quesito experiência, em relação as outras equipes que terão mais condições de contratar atletas acima de 23 anos.
- Se eu tivesse hoje com um planejamento de contratações, de fazer um tipo de trabalho diferente, eu tinha aprovado. Como estamos fazendo um trabalho com a meninada, nós vamos sair perdendo. Os outros vão ganhar em experiência porque vão poder contratar jogadores mais experientes, jogadores com nível de série A, de salário mais alto. Tenho um limite que vai poder contratar e um valor que eu sei que jogador de primeira divisão talvez não vai querer vir. Por isso que o projeto é dar prioridade aos jogadores de Petrolina e região. Se a gente conseguir encontrar alguns jogadores mais experientes, que aceitem jogar com um salário mais baixo, que acredite no projeto de subir...vamos tentar - comenta o técnico
A data para o começo do campeonato também desagradou o técnico. Com o início previsto para o final de agosto, Neco acredita que o calendário de jogos vai ficar apertando e sua equipe poderá sofrer com maratona de jogos seguidos e viagens.
- Vai ser o pior (o inicio do campeonato em agosto). Como vai ficar apertado para o final de ano, eles vão colocar jogo quarta e domingo. Vamos ter muitas viagens, e como vamos trabalhar com um grupo reduzido vai ser ruim para nós. As viagens vão ficar uma em cima da outra e viagens longas - critica. 
A competição terá a presença de 17 clubes. São eles: Afogados, Arcoverde, Barreiros, Belo Jardim, Cabense, Centro Limoeirense, Decisão, Ferroviário, Íbis, Ipojuca, Jaguar, Olinda, Petrolina, Sete de Setembro, Serrano, Timbaúba, Vitória. O Araripina anunciou que está fora da disputa por questões financeiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário