terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Morre fisioterapeuta que abandonou o próprio tratamento para curar Suárez

Walter Ferreira tinha 64 anos e foi homenageado por Suárez em Uruguai 2 x 1 Inglaterra
Morre fisioterapeuta que abandonou o próprio tratamento para curar Suárez
Morreu neste domingo o fisioterapeuta uruguaio Walter Ferreira. Aos 64 anos, o profissional era integrante da comissão técnica da seleção do Uruguai, tendo participado da Copa do Mundo de 2014.
Ferreira se tornou conhecido ainda na primeira fase do Mundial disputado no Brasil. Após os dois gols marcados na vitória uruguaia por 2 a 1 sobre a Inglaterra, Suárez dedicou o feito ao fisioterapeuta, a quem chegou a abraçar fora de campo na comemoração.
Mais tarde, a homenagem foi esclarecida: Ferreira deixou de lado o tratamento de um câncer para cuidar da recuperação de Suárez, que passou por uma cirurgia no joelho poucas semanas antes da Copa de 2014. O próprio atacante, que chegou a realizar parte do tratamento na casa do próprio fisioterapeuta, afirmou na época que só conseguiu jogar o torneio no Brasil "por causa dele".
Em seu site oficial, a Associação Uruguaia de Futebol (AUF) confirmou a morte de Ferreira "após muito tempo de luta contra uma doença cruel". Segundo a entidade, Ferreira será enterrado nesta segunda-feira.
O próprio Suárez prestou homenagens ao fisioterapeuta, que trabalhou também no Nacional (URU).
"Hoje se foi mais que um amigo. Foi-se um lutador que, dia a dia, não somente lutava por ele, mas também pelos outros. Nunca vou me esquecer do que você fez por mim, porque me ensinou muitas coisas para a vida e das quais tenho muito presentes. Obrigado por me dar a possibilidade de jogar a Copa do Mundo. Obrigado pelo que deu ao futebol e obrigado pelo grande ser humano que você foi. Nunca voi te esquecer. Meus mais sentidos pêsames à família. Descanse em paz, Walter", escreveu o atacante do Barcelona em sua conta no Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário