domingo, 17 de julho de 2016

Neco reclama de indefinições na Série A2 e diz que pode deixar o Petrolina

time Petrolina, Neco (Foto: Emerson Rocha)
Neco reclama de indefinições na Série A2 e diz que pode deixar o Petrolina
Em entrevista a Rádio Grande Rio FM, no dia 29 de junho, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, disse que a Série A2 do estadual começaria no dia 20 de agosto. Mesmo com as palavras do dirigente, o clima no Petrolina, um dos doze clubes que confirmaram presença na disputa, é de desconfiança. 
Técnico da Fera Sertaneja, Neco estava em Petrolina, mas voltou para Recife. De acordo com o treinador, o clube está esperando uma posição oficial da FPF sobre o início da Série A2 para dar prosseguimento na montagem do grupo. No site da Federação Pernambucana de Futebol ainda não consta nenhuma informação sobre a data de início da segundona. Neco reclamou da demora. 
– Estivemos em Petrolina aguardando a decisão quanto a Recife, já para fortalecer o grupo, fazer uma competição boa e subir de divisão. Mas a Federação não está dando uma posição de quando vai começar a competição. Já adiou três vezes. O Petrolina está todo legalizado na Federação e têm alguns clubes que ainda não deram os laudos em tempo hábil e a Federação vai segurando a competição até os clubes entregarem os laudos. Acho que deveria ser feito igual a Bahia, que começou o campeonato com seis equipes. Começa com as equipes que estiverem regularizadas. Se ficar adiando, só vai prejudicar o Petrolina lá na frente. Vai encurtar a competição, a gente vai ter que ficar fazendo essas viagens loucas, só tem Afogados e Arcoverde que vão participar daí do Sertão, o resto é tudo do lado de cá. Vai ser muita passagem, despesas, transportes, viagens cansativas. Então, quanto mais tarde começar a competição, vai ser mais curta e pior para a gente porque vai ser um jogo em cima do outro e a gente não vai ter tempo de descansar. Paulo (José e Silva – presidente do Petrolina) não pode montar uma equipe, pagar salário sem saber quando vai começar a competição – afirmou Neco, por telefone.
De acordo com Neco, o fato do clube ainda não saber quando vai começar a Série A2 tem dificultado o processo de montagem do elenco. Segundo o treinador, a até sua permanência na Fera Sertaneja está ameaçada. 
 – Primeiro botaram o campeonato para começar no dia 2 de julho, depois passou para o dia 3 de agosto e agora para o dia 20 de agosto. Você tem que dar a tabela, quem vai participar, não tem nada. Tem uma data prevista, mas não está dizendo que é o certo. A gente já deveria estar treinando, com a equipe montada. Os jogadores que contatei e fiz a relação, estamos perdendo, porque não podem esperar, precisam trabalhar. E é o meu caso também. Não posso ficar esperando. Se aparecer a oportunidade eu tenho que ir, porque tenho que trabalhar. Passei dez dias em Petrolina, acompanhei o trabalho do Sub-20, fizemos um jogo bom contra o Juazeiro, mas estou esperando. Vim para Recife porque não podia ficar em hotel pagando hospedagem cara - disse o treinador. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário