sexta-feira, 8 de julho de 2016

Taffarel é mantido como preparador de goleiros da Seleção de Tite

Taffarel Rose Bowl (Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press)
Taffarel é mantido como preparador
de goleiros da Seleção de Tite
A nova comissão técnica da seleção brasileira terá um velho integrante. Taffarel, preparador de goleiros nos últimos dois anos, desde que Dunga e Gilmar Rinaldi assumiram depois da Copa do Mundo de 2014, será mantido na equipe de trabalho de Tite.   
A decisão foi tomada depois de muita reflexão, já que o novo treinador cogitou convidar Mauri Lima, preparador de goleiros do Corinthians durante sua etapa de maiores êxitos na carreira. Pelas mãos de Mauri, o Timão teve grandes momentos de Cássio, especialmente nos títulos da Libertadores e mundial em 2012, além de conquistas com Julio César e a formação de Danilo Fernandes, que foi bem no Sport ano passado e hoje é titular do Internacional.  
Porém, Tite, que também sempre foi fã de Taffarel, ouviu ótimos relatos sobre o trabalho dele na comissão técnica da Seleção. Além da competência, o novo treinador escutou que trata-se de um profissional muito querido pelos jogadores e que usa bem a experiência que teve na equipe nacional. Taffarel disputou as Copas de 1990, 94 e 98 como titular, tendo sido protagonista no tetracampeonato e no vice-campeonato conquistado na França.   
Com ele na preparação, a Seleção teve dois goleiros titulares até aqui: Jefferson, do Botafogo, durou pouco mais de um ano, até falhar na estreia das eliminatórias contra o Chile. Desde então, Alisson, transferido do Internacional para o Roma, assumiu a posição, cercado de elogios de Taffarel. Marcelo Grohe e Diego Alves também tiveram chances como titulares.
Para a Olimpíada, o técnico Rogério Micale contou com a aprovação de Tite para convocar Fernando Prass, do Palmeiras. A primeira convocação da seleção principal deve ser realizada ainda no fim deste mês de julho, e Taffarel terá poder de auxiliar na escolha dos goleiros. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário